Cálculo do Yield

O “yield” é a porcentagem de lucro obtido pela unidade apostada. Entre os jogadores profissionais, é um termo muito usado. Com o “yield”, mede-se a expectativa de uma aposta normal de um apostador ou ainda a rapidez que este jogador aumenta seu pote. Em outras palavras, serve para avaliar a qualidade deste apostador. Para você que gosta de acompanhar palpites de apostadores pela internet, ter um site que fornece o yield de cada um dos tipsters pode lhe ajudar a selecionar apenas os mais lucrativos. Dessa forma, poderá acompanhar palpites de quem realmente entende do assunto e está trazendo lucros reais através das suas apostas.

Trata-se de uma variável qualitativa, mas que deve-se levar em conta o fator quantitativo para se fazer uma análise mais precisa. Também é necessário levar em conta a frequência desse yield para ter melhores análises.

Como calcular o Yield

%yield = (beneficio / total apostado) x 100

Seu yield será positivo sempre que tiver lucro. Com esta percentagem saberá quanto ganhou ou perdeu por cada aposta. Exemplo: Um jogador realiza um total de 20 apostas, entre vitórias e derrotas. O total apostado foi de 500€, com lucro de 100€.

%Yield = (100/500) x100 = 20%

O jogador teve um yield positivo de 20 centavos por cada euros apostado. O mesmo aconteceria se ele houvesse perdido 100€ ao invés de faturá-los. Seu yield seria um 20% negativo, ou seja, teria perdido 0.20 centavos por euros apostado.

Ou seja, mesmo que tenha prejuízos, seu yield pode ser positivo, já que este cálculo só levará em conta o lucro ou a perda sobre o total do montante apostado. A maioria dos apostadores de ponta obtém um yield de 10% de média, algo excelente.

Ou seja o yield é um índice de rentabilidade segundo a eficiência do jogador. Uma forma de medir a performance dele de acordo com os resultados que ele mostra.

Só o Yield não é o suficiente

Porém, veja que somente o Yield não é o suficiente para medir se um apostador é lucrativo ou não. Ao comparar o yield entre dois apostadores que apresentem resultados muito semelhantes, veja a quantidade de apostas feitas por cada um. Aquele que tiver um número de apostas realizadas maior tende a ser uma escolha mais vantajosa, uma vez que a sua amostra é mais extensa, o que reduz efeitos de uma variância estatística.

Um exemplo de importância do Yield

Geralmente, ao acessar um site de prognósticos nós prestamos mais atenção na taxa de acertos de cada palpiteiro. Essa é uma forma que apesar de ser muito habitual, não nos mostra a situação real por trás das apostas realizadas por ele. Seguir um palpiteiro que tem 80% de taxa de acerto, à primeira vista, parece ser algo interessante, porém, se percebermos que as cotações médias que ele aposta é de 1,20, veja que teremos problemas. Acompanhe o exemplo:

Se ele tem uma taxa de acertos de 80% quer dizer que a cada 10 apostas, ele vai acertar 8 delas. Se as odds médias apostadas são de 1.20, e se ele aposta R$100 por aposta, ele terá acertado 8 apostas e errado 2, ficando assim:

Lucro com as 8 apostas: R$160

Prejuízo com as 2 apostas erradas: R$200

Portanto, esse apostador teria um yield negativo, afinal calcularíamos assim:

(- R$40/R$1000) * 100 = – 4%

Viu só como essa informação é útil? Passe a calcular o Yield dos seus tipsters favoritos a partir de agora e as suas chances de acompanhar apenas os apostadores mais lucrativos serão ainda maiores.