Notícias
15 de janeiro de 2020 Leonardo Rangel

Apostas UFC

UFC 246: O retorno de Conor McGregor!

Para mim, a carreira de Conor McGregor no MMA já estava encerrada. O mesmo parecia não mais ter foco após atingir uma renda exorbitante. Mas a paixão falou mais alto e fizera com que o mesmo voltasse a estar disposto a voltar ao MMA, a fim de reconquistar tudo que já foi seu um dia. O UFC 246, na abertura de eventos numerados do ano, marca o retorno da lenda, Conor Mcgregor em uma luta imperdível diante do casca grossa, Donald Cerrone. Diogo Ferreira e Claudia Gadelha serão as forças brasileiras no Card principal deste grande evento. Acompanhe um pouco mais sobre as lutas do UFC 246 abaixo.

O UFC 246 acontece na T-Mobile Arena em Las Vegas

Mais um grande evento do UFC a ser disputada na capital mundial dos cassinos. A moderna Arena será uma ótima escolha para receber lendas como McGregor e Cerrone, além de ex-campeões e postulantes ao título em outrora, como a luta do Coevento principal entre Holly Holm e Raquel Pennington, por exemplo. O evento tem previsão para se iniciar ás 20h15 de Brasília do dia 18 de Janeiro, sábado. As lutas do Card principal deverão acontecer no início da madrugada do dia 19 de Janeiro. Você poderá acompanhar todas as lutas 9o vivo pelo Canal Combate. 

Uma lenda e um brasileiro duelam no Card principal do UFC 246

A primeira luta do UFC 246 terá uma lenda em queda, Anthony Pettis, ex-campeão do evento, diante do brasileiro, em crescente, Diogo Ferreira. O ex-campeão não vive o melhor momento de sua carreira. Parece existir falta de foco após a perda do cinturão há alguns anos. A alternância de resultados tem sido grandes, mas Anthony Pettis tem muito talento ainda e precisa ser respeitado. A odd para a sua vitória aqui me parece exageradamente alta – cotação de 3.00 oferecido pelas casas de apostas. Diego Ferreira, por sua parte, tem sido muito sólido. O mesmo chega a este evento vindo de cinco vitórias consecutivas, quase sempre adversários cascas-grossas. Pela melhor fase, o Diogo Ferreira é o favorito aqui, ms a odd de 1.40 oferecida para a sua vitória me parece baixa. 

Claudinha Gadelha tenta se afirmar por nova chance ao cinturão

Na segunda luta do Card principal, a brasileira Claudinha Gadelha tenta uma nova afirmação buscando futura oportunidade de disputar o cinturão novamente. Nas últimas quatro lutas, Claudinha tem alternado resultados. Mas a sua adversária, Alexa Grasso, tem um cartel ainda menos impressionante e irregularidade parecida as da brasileira, alternando resultados nas últimas semanas. Parece a chance perfeita para Claudinha confirmar uma nova boa fase, hein? As casas de apostas consideram o combate extremamente equilibrado, oferecendo odd de 1.90 para ambas as lutadoras.

Uma luta estranha no Card principal do UFC 246

Esta é uma luta estranha, viu? Não entendo bem o porque da mesma estar no card principal de um evento com tamanha relevância. A mesma trata-se do combate do veteraníssimo, Alexey Oleinik, e o americano, Maurice Greene. Nenhum dos dois lutadores tem fatos relvantes na carreira. Alexey Oleinik, com 42 anos, chega a este evento vindo de dois reveses consecutivos. Maurice Greene ainda está a iniciar a sua carreira, tendo passado sem maior glamour pelo TUF 28. O americano lutou três vezes oficialmente pelo UFC e conseguiu duas vitórias. Mas o mesmo foi derrotado em sua última luta. As casas de apostas pagam 2.00 para o veterano, Alexey Oleinik. Para Maurice Greene , a vitória vale 1.72. Luta estranha e dura.

A ex-campeã, Holly Holm, enfrenta Raquel Pennington

Na segunda luta em importância deste UFC, a ex-campeã Holly Holm enfrenta a ex-postulante, Raquel Pennington. Ambas já se enfrentaram e a ex-campeã, na ocasião a fazer a sua estreia, saiu do octógono com a vitória por decisão dividida. Holm entrou para a história do UFC ao derrotar a lenda Ronda Rousey, tornando-se campeã do evento. Mas a verdade é que eu nunca vi nada demais em suas performances. Desde a conquista do cinturão citado, lutou sete vezes e foi derrotada em cinco ocasiões – por diferentes categorias.

Raquel Pennington tem uma carreira com menos glamour, mas também já tivera a sua oportunidade pelo cinturão – fazendo por merecer tal chance. Acredito que a mesma esteja mais madura em relação ao primeiro combate entre ambas. Raquel Pennington voltou a escalada para ter nova oportunidade pelo cinturão. Holm é considerada favorita com cotação de 1.72, mas eu apostaria em Raquel Pennington a ficar com a vitória. A cotação para o seu triunfo é de 2.10. Vale a pena, não?

O retorno da lenda diante um duríssimo adversário

O aguardado retorno da lenda, Conor McGregor, fecha com chave de ouro o UFC 246. Mas que adversário duro a lenda irlandesa terá que enfrentar, hein? O Cowboy, Donald Cerrone, é um dos meus lutadores preferidos. Mas a verdade é que a idade parece estar a chegar para o Cowboy. O mesmo já não tem tido a regularidade e resistência de outrora, vindo de duas derrotas consecutivas.

Ok, Mcgregor não luta há bastante tempo. Mas existem relatos de que o irlandês está na sua melhor fase física de sua carreira, estando a treinar com inteiro foco para voltar ao sucesso n o maior evento de lutas do Mundo. Mas Cerrone tem a mão pesada, né? O mesmo gosta das trocas francas. vai que… A cotação para a sua vitória é bastante alta, 3.50. No auge de sua forma, mas sem ritmo de luta, Mcgregor é visto como favorito claro ao confronto, com cotação de 1.30.  Tem tudo para ser um grande evento!