Notícias
12 de fevereiro de 2020 Leonardo Rangel

Apostas UFC

Análise do Card Principal do UFC Fight Night 167 – 15/02/2020

Depois da edição numerada no último final de semana, onde Jon Jones, de forma polêmica, manteve o domínio com o cinturão de sua categoria na luta principal, voltamos aos eventos periféricos. Periféricos, mas não menos importantes, diga-se. O UFC Fight Night 167 será recheado de lutas – 12 ao total. O Card preliminar está marcado para iniciar-se por volta das 19h de Brasília. O card principal deverá ter início já na madrugada do dia 16 de Fevereiro. O Canal Combate irá transmitir todas as lutas ao vivo. Abaixo, falaremos um pouco mais sobre o Card principal desta nova edição do UFC.

O UFC desembarca pela primeira vez em Rio Rancho no Novo México, Estados Unidos

Depois de sediar uma edição na vizinha, Albuquerque, o UFC sediará a primeira edição em Rio Rancho, no Novo México. A primeira vista, confesso, pode ser um card sem grandes atrativos. Mas tanto no preliminar, como no principal, existirão lutas de extrema igualdade, com lutadores capazes de em pouco tempo, estarem a desafiar os campeões de suas divisões. A luta principal terá a revanche entre Corey Anderson e Jan Błachowicz. Anderson venceu o primeiro duelo entre ambos. No Coevento principal, o “paraense voador”, Michel Pereira, desafia o primeiro campeão do TUF, Diego Sanchez em uma luta que deverá ser muito animada. Abaixo, detalharemos um pouco mais sobre as principais lutas do UFC Fight Night 167.

Irregulares, Lando Vannata e Yancy Medeiros se enfrentam

A luta desta noite pode ser definitiva para a carreira de Lando Vannata dentro do UFC. Desde a sua estreia em 2016, apesar de algumas atuações com lutas em destaque, Lando Vannata nunca conseguiu ser regular. Com apenas uma vitória nas últimas seis lutas, um novo revés poderá fazer com que o atleta precise procurar o RH da empresa. Yancy Medeiros tem inegável talento, já tendo garantido vários prêmios em performances da noite no UFC. Mas ele não consegue se afirmar nos momentos chaves. Yancy Medeiros vem de duas derrotas consecutivas, ambas por nocaute. A cotação para vitória para ambos é de 1.90, refletindo o equilíbrio da luta. Eu ainda apostaria em Yancy Medeiros.

O brasileiro Rogério Bontorin tenta a trinca vitoriosa em duelo contra Ray Borg

Depois de labutar por diversos torneios, Rogério teve o destaque merecido no programa de Dana White. Com gfrandes atuações por lá, conseguiu chegar ao maior evento de lutas do Mundo, o UFC – e tem feito bonito, desde então. O brasileiro tentará a sua terceira vitória consecutiva na organização. Há seis anos no UFC, Ray Borg aposta em sua experiência para vencer pela segunda vez consecutiva. Ele tem um estilo que não curto muto, mas inegavelmente, é bastante duro de ser enfrentado. Por sua maior experiência e a prática de um jogo amarrado, acredito que Ray Borg acabe por ser o favorito neste evento com a cotação de 1.72.

Brok Weaver estreia diante de Rodrigo Vargas

Confesso, acompanhei pouco a carreira de Brok Weaver. Mas pelo pouco que vi, já percebi que o mesmo é mais um dos lutadores de características que não curto muito. Quase sempre, o mesmo luta para não perder, primeiramente, não se expondo muito. A maioria de suas lutas costumam ir para as decisões dos árbitros laterais. O experiente Rodrigo Vargas, o Kazula, fará a sua segunda luta no UFC. Na primeira, sentindo a pressão, não conseguiu impor o seu ritmo mais agressivo. A cotação de zebra pode assustar, mas eu vejo chances do mexicano Kazula conseguir a vitória neste duelo. A cotação para a sua vitória é de 3.25.

Montana De la Rosa e Mara Borella buscam um lugar ao sol

Aqui teremos um confronto de duas lutadoras que ainda buscam os seus lugares ao sol dentro da maior organização de lutas do Mundo, o UFC. Especialista nas finalizações, De La Rosa vai para a sua terceira luta no UFC buscando imprimir regularidade. Mara Borella é mais experiente dentro do UFC, mas não conseguiu se afirmar. Ao mesmo tempo em que ela tem uma variedade maior em suas ações, também ´=e mais vulnerável. Com cotação de 1.58, vejo maiores possibilidades para Montana De la Rosa aqui.

A experiência de Diego Sanchez se mede diante do “paraense voador”, Michel Pereira

O veterano já terá o seu nome na história do UFC. O mesmo foi o primeiro campeão do TUF – para muitos, programa que na ocasião, salvou o UFC da falência. Mesmo aos 38 anos de idade, Diego Sanchez segue lutando em alto nível, apesar de seus resultados irregulares recentemente. Diego Sanchez é sinônimo de show, quase sempre, no UFC. O paraense voador estreou no UFC em grande estilo. Mas na luta seguinte, achou-se mais do que deveria. Se conseguir encontrar o equilíbrio que um grande lutador precisa adquirir, acredito que Michel Pereira conseguirá a vitória aqui. As casas de apostas denotam cotação de 1.61 para si.

A revanche entre Corey Anderson e Jan Blachowicz

Aos 30 anos de idade, afirmo com convicção que Corey Anderson está no auge de sua carreira. Ele entra no octógono nesta noite para conseguir a segunda vitória sobre Blachowicz e a quinta em sequência de sua carreira. Sem dúvidas, estes resultados colocariam Corey Anderson na rota dos principais nomes de sua divisão. Sonhar com o título passaria a ser uma realidade real para si.

O veterano polonês, Jan Blachowicz, tenta dar os últimos suspiros para conseguir um algo a mais em sua carreira. Dizem que o mesmo já passou de seu auge, mas Jan Blachowicz vem de duas grandes vitórias em sequência. A revanche a ser conquistada aqui faria com que Jan Blachowicz subisse alguns degraus nesta reta final de sua carreira. Apesar de ter tudo para ser uma grande luta, acredito que o resultado da primeira luta entre ambos se confirme, com Corey Anderson voltando a vencer este duelo. A cotação para a sua vitória oferecida pelas casas de apostas é de 1.50.

Acompanhe o UFC Fight Night 167 e aposte em seus lutadores preferidos

E aí,concordaram com as análises do card principal? São lutas boas, algumas com boas cotações. Os brasileiros no card tem boas possibilidades de vitória. Faça as suas análises para estas lutas e aposte em seus lutadores preferidos para ver o maior evento de lutas do mundo com mais emoção.