Notícias
Favoritos da Copa América 2019 10 de junho de 2019 Ismael

Copa America

Veja a cotação dos favoritos da Copa América 2019

Falta pouquíssimo para o início da maior competição entre Seleções da América latina – a Copa América 2019. Desta vez, após três décadas, a competição voltará a ser disputada no Brasil, aproveitando-se das estruturas deixadas para a disputa da Copa do Mundo de 2014. Aqui no ApostasOnline, já produzimos um guia de como apostar na Copa América 2019, já indicamos também a lista com os melhores sites para apostas esportivas online e agora chegou a hora de falar sobre os favoritos da Copa América 2019. Você tem o seu palpite? Será que o Brasil, jogando em casa, merece o maior favoritismo da competição? Abaixo, falaremos sobre as principais Seleções da Copa América 2019 segundo o favoritismo dado pelas casas de apostas.

Mesmo sem Neymar, o Brasil merece o favoritismo?

O Brasil iniciará a disputa da Copa América desfalcado de seu melhor jogador, Neymar. sem dúvidas, o mesmo está no hall dos melhores jogadores do Mundo e na teoria, faz com que qualquer equipe com a sua presença venha a evoluir. Imagina-se que, se com ele tem sido bastante difícil o Brasil frequentar a parte de cima das competições, imagina sem o mesmo? Sim, com certeza, tal pensamento faz todo o sentido. Ter o desfalque do quilate de Neymar, faz com que a equipe em questão, tenha mais dúvidas sobre si.

Mas por outro lado, o Brasil tem uma base muito forte coletivamente e existem vários jovens jogadores pedindo passagem em busca de mais protagonismo na Seleção – casos de Richarlison e David Neris, por exemplo. Com um sistema defensivo bastante bem alinhado, com entrega dos atletas em busca de provar-se serem mais do que apenas Neymar, com velocidade e intensidade ofensiva, além do diferencial do fator casa, porque o Brasil não poderia seguir forte? Pois é, segue! As casas de apostas consideram o Brasil um dos grandes favoritos da Copa América 2019, competição que não vence desde 2007.

Será que a Argentina de Messi vai deixar de ficar no quase?

Quer saber por que a Argentina é uma das favoritos da Copa América 2019? Ao contrário do Brasil, a Argentina esteve a frequentar a linha de frente de muitas competições recentes. Porém, o talento de Messi nunca foi o suficiente para fazer a Seleção Argentina conseguir o algo a mais, uma conquista. A Argentina foi vice-campeão, nada mais, nada menos, do que em duas Copas Américas consecutivas, além do vice-campeonato da Copa do Mundo disputada no Brasil em 2014. A campanha que beirou ao fracasso na última Copa do Mundo foi a última aparição de muitos jogadores que estiveram na Seleção Argentina neste ciclo do quase, mas a Argentina ainda tem muito talento – e ainda conta com Messi – para buscar o desejado título. Será que desta vez, finalmente vai?

Por conta de sua camisa extremamente pesada, pelo fato de ainda ter um elenco recheado de grandes jogadores – contando com Messi, ainda por cima -, e até pelo histórico de idas as fases finais – tirando o fracasso da última Copa do Mundo -, a Argentina é apontada pelas casas de apostas como a segunda principal favorita ao título da Copa América 2019. Vale dizer, porém, que a Argentina encontra-se há vinte e seis anos sem conquistas com a Seleção principal.

Maior vencedor da Copa América, o Uruguai corre por fora

Dá para dizer que, apesar do Brasil – até pelo seu tamanho territorial – tem muito mais talento que o Uruguai, mas nos últimos anos, o Uruguai tem sido muito mais competitivo do que a Seleção Brasileira, de uma maneira geral. O último título da Celeste foi em 2011, quando em plena Argentina, conseguiu fazer com que a a combinação de solidez defensiva e uma dupla de ataque das mais talentosas do Mundo, lhe desse um título que não acontecia desde 1995. A equipe fizera aparições importantes também em Copas do Mundo e na Copa das Confederações recentemente.

A Seleção do Uruguai está em processo de reformulação em algumas posições, de fato. Porém, ainda segue com praticamente todos os seus ótimos pilares dos últimos anos – ainda contando com uma dupla de zaga e uma dupla de ataque acimas da média -, fazendo com que a mesma ainda seja bastante cotada. Para esta edição da Copa América 2019, a Seleção do Uruguai é vista como a terceira mais forte , podendo inteiramente correr por fora para ampliar-se na liderança em conquistas da maior competição do continente Sul-Americano.

A Colômbia quer deixar de ser coadjuvante nesta Copa América 2019

Após as Seleções talentosas do país existentes na década de 90, a Colômbia ficou um pouco a margem das disputas pelas principais colocações nas competições em que disputava. O curioso é que justamente no início da entressafra, em 2001, a Colômbia conseguiu em seu lar, conquistar o seu único título de Copa América. Depois disso, foi quase uma década de reformulação para a Colômbia voltar a sonhar grande. Desde 2014, principalmente, a Colômbia inicia as competições com bastante expectativa, mas ainda não conseguiu dar o passo adiante para se afirmar entre os principais times do seu continente, ao menos.

Talvez, nesta Copa América a Seleção da Colômbia venha a estar com a sua força e maturidade em seu ápice. Em combinado a isso, a mudança na comissão técnica após um ,longo ciclo pode vir a dar um gás extra e uma nova visão para fazer com que o país, finalmente, consiga dar este passo adiante. esta combinação de fatores faz com que a Colômbia seja vista como a quarta principal força do continente Sul-Americano na atualidade, estando nesta posição dos favoritos segundo as casas de apostas, para esta edição da Copa América.

O atual bicampeão, o Chile, longe dos favoritos da Copa América 2019. Realmente?

Com a sua geração mais completa e talentosa dos últimos anos, a Seleção do Chile conseguiu o que parecia distante para si há algum tempo – incomodar os gigantes do continente. E ela fez mais do que isso: jogando em sua casa e fazendo disso um diferencial e não uma pressão extra, a Seleção do Chile conseguiu a inédita conquista da Copa América – o seu primeiro título da história. Mas você pensa que parou por ai? Ainda tem mais! Se não bastasse a conquista do primeiro título, esta talentosa geração do Chile buscou, nada mais, nada menos, do que o bicampeonato na Copa América seguinte.

Mas no meio deste caminho, a Seleção do Chile dava indícios de que havia perdido o elo que fazia com que a mesma rendesse acima de seu padrão histórico na parte coletiva. A conquista do bicampeonato na Copa América aconteceu, mas o Chile não conseguiu manter-se forte nas Eliminatórias para a Copa do Mundo. O bicampeão do continente teve que assistir a última Copa do Mundo pela televisão. Em um novo processo, mas ainda com mais dúvidas do que certezas, o Chile é apontado pelas casas de apostas como a quinta força do continente, estando nesta posiçã entre as favoritos da Copa América 2019.

Cotações para dos favoritos da Copa América 2019

Seleções
Brasil 2.25
Argentina 4.75
Uruguai 8.00
Colômbia 9.00
Chile 12.00
Peru 21.00
Paraguai 34.00
Venezuela 41.00
Equador 41.00
Bolívia 51.00
Japão 51.00
Qatar 81.00