Notícias
Apostas esportivas, picks e cotações para o Brasil
18 de março de 2017 Leonardo Rangel

Paulista A1

Ponte Preta vs Novorizontino

Forma Ponte Preta

A Ponte continua a ter o mesmo padrão em suas atuações – é competitiva, está sempre a somar pontos, mas não consegue trazer confiança aos seus torcedores. A equipe está invicta há sete partidas, mas tem a sua invencibilidade pautada por muitos empates, a maioria neste trecho.

Falta um pouco mais de audácia em sua parte ofensiva, deixando sempre partidas que deveriam ser mais acessíveis a si, abertas. Tais dificuldades para imposição podem ser refletidas em seu histórico como mandante, onde costuma ser bastante dominante, tendo mais empates do que vitórias em seu lar nesta temporada. Novamente diante um rival que não causa maiores intimidações, a Ponte precisará lidar com as suas próprias desconfianças para vencer, buscando manter a liderança de seu grupo.

O técnico João Brigatti não contará com Clayson, suspenso.

Forma Novorizontino

A chegada do experiente técnico Silas já rendeu um bom fruto na primeira aparição do mesmo a frente do clube – vitória do Novorizontino por 2×0 sobre a Ferroviária como mandante. O resultado fizera com que o Novorizontino chegasse a zona de classificação em seu grupo, trazendo esperanças ao clube.

Espera-se que a motivação gerada com a mudança na comissão técnica seja permanente, fazendo com que a equipe consiga lutar para pontuar pela segunda vez consecutiva. A equipe espera novamente ter uma atuação dedicada em sua retaguarda, jogando com bastante disposição em campo. Contra si, pesa o fato de não ter conseguido ser capaz de conseguir somar nenhum ponto nesta temporada em jogos como visitante.

O técnico Silas poderá repetir a formação que venceu em sua estreia na última semana.

Nossa Dica

Não será um jogo fácil, até pelo fato de estar a existir falta de imposição em alguns momentos por parte da Ponte, mas precisando mostrar respostas, sempre conseguindo se manter competitivo, se vier a conseguir oferecer um pouco mais, explorando as dificuldades do Novorizontino em conseguir ser capaz longe de seu lar, creio que, mesmo que seja fazendo força, a Ponte poderá, finalmente, voltar ao caminho vitorioso em seu lar.