Notícias
Apostas esportivas, picks e cotações para o Brasil
12 de março de 2017 Leonardo Rangel

Paulista A1

Ponte Preta vs Corinthians

Forma Ponte Preta

Já sob o comando do técnico interino João Brigatti, ao menos, a Ponte se recuperou da maneira que deu após a triste eliminação precoce na Copa do Brasil ao bater o Ituano como visitante pelo placar mínimo. O resultado fizera com que a equipe campineira, crise a parte, se mantivesse na liderança de seu grupo no Paulistão.

Com apernas uma única derrota no ano e já estando há seis partidas invicto, diante um dos gigantes do país, a Ponte terá mais uma chance de comprovar que a eliminação nas penalidades máximas diante do Cuiabá na Copa do Brasil foi um ponto fora da curva em sua competitividade, sendo eficiente defensivamente, mantendo-se dominante diante seus adeptos. Ser lutador, dar o algo a mais para trazer convencimento aos seus torcedores, é o mínimo que se espera para si aqui.

O técnico interino João Brigatti seguirá sem contar com João Vitor e Artur, lesionados.

Forma Corinthians

O Corinthians também chegou a conviver com um grande susto na Copa do Brasil diante do Brusque, mas conseguiu seguir adiante, mostrando estar em um caminho de grande competitividade no ano – tem sobrado em seu campeonato estadual, vencendo os dois clássicos que disputou.

Estando invicto há sete partidas, não tendo sofrido gols em cinco dos últimos seis embates, o Corinthians te máxima confiança na sua forma tática de atuar, acreditando em ser extremamente eficiente para conseguir aproveitar as dúvidas que pairam sobre o rival para conseguir mais um ótimo resultado. Ter vencido cinco das últimas seis partidas como visitante é mais um impulso para se crer em mais uma atuação segura, buscando se isolar ainda mais no topo em seu grupo.

O técnico Fábio Carille não contará com Pablo e Romero, poupados, e Gabriel, suspenso.

Nossa Dica

As duas equipes não têm grande poderio ofensivo, mas o time visitante tem um ajuste tático dos mais interessantes. Pela falta de imposição ofensiva, pelas dúvidas que ainda pairam sobre si após um ou outro jogo bem abaixo da crítica, pela competitividade que não tem deixado de existir – mesmo com as desconfianças -, vejo chances de termos um duelo bastante disputado, decidido nos detalhes e com poucos gols vindo a acontecer.