Notícias
4 de janeiro de 2017 Leonardo Rangel

Copa São Paulo de Futebol Junior

Pérolas Negras sub20 vs Goiás sub20

Forma Pérolas Negras sub20

Na edição passada da Copinha, a sua primeira participação na história da competição, o Pérolas Negras, por muitos, era visto como uma equipe folclórica por vir do Haiti – tradição nula no futebol. Porém, apesar de não ter enfrentado nenhum grande esquadrão, o Pérolas Negras afastou as ideias de quem achava que seria favas contadas para quem viesse a enfrentar, fazendo jogos duros contra todos os adversários, apesar de não ter somado nenhum ponto.

Estando mais maduro para esta temporada, mais ambientado com as possibilidades que a Copinha lhe permite ter, tendo um projeto mais bem certificado, os Pérolas Negras, certamente, esperam fazer uma competição com um brilho ainda maior do que a sua estreia – conseguindo pontos, quem sabe, lutando pela classificação. Mostrar a mesma determinação em campo, a mesma ousadia ofensiva, apostar no jogo físico e em velocidade, são as armas do Pérolas para tentar surpreender.

Forma Goiás sub20

Acostumando-se a ser uma equipe que incomodava na parte de cima da tabela de todas as competições em que vinha a disputar, pode se dizer que o ano de 2016, portanto, foi bastante abaixo do que estava a imaginar – a equipe não conseguiu ser bem-sucedida em praticamente nenhuma competição em que disputou – foi eliminada ainda na primeira fase da Copinha, por exemplo.

A incapacidade para conseguir ser sereno ofensivamente – tendo muitas dificuldades para impor o seu jogo -, foram determinantes para fazer com que a sua competitividade fosse reduzida, dificultando a vida para si dentro dos gramados. Talvez, o fato da equipe profissional também não ter conseguido decolar em seu retorno indesejado a segundona nacional, contribuiu para que os times das categorias de base estivessem longe de seu patamar de confiança de outrora. Começar a fazer diferente desde já, sem dúvidas, poderá moldar o ano do clube como um todo.

Nossa Dica

Por ter um pouco mais de experiência, por saber que este ano é a temporada da resposta após um fracasso como clube por completo no último ano, creio que o Goiás, se igualar a dedicação do rival, tenha condições de fazer um jogo mais qualificado, explorando as inocências ainda existentes no time haitiano, buscando, ao menos, estrear com alguma pontuação aqui neste embate.