Notícias
4 de janeiro de 2017 Leonardo Rangel

Copa São Paulo de Futebol Junior

Figueirense sub20 vs Sete de Setembro sub20

Forma Figueirense sub20

Lembrando assim, de cabeça, não lembro de uma equipe que teve tantas pedreiras no caminho na última Copinha como o Figueirense – a equipe chegou a terceira fase da competição, derrubando o sempre badalado Audax, eliminando outras equipes fortes do interior paulista e só parando para o São Paulo – com um gol polêmico -, equipe que foi a maior vencedora das categorias de base na última temporada.

Porém, apesar da grande campanha citada, em termos de categorias de base, pouco foi colhido para as competições seguintes – foi eliminado ainda da primeira fase da Copa do Brasil da categoria, não teve campanha destacada em seu estadual e apesar de ter terminado sua campanha de maneira invicta no Campeonato Brasileiro, ficou na primeira fase da competição. Muitos atletas foram incorporados ao elenco profissional e apenas quatro atletas da última campanha da Copinha estão presentes no elenco atual. Uma equipe jovem, mas com um treinador experiente e qualificado, disposto a fazer com que o Figueira, mais uma vez, seja forte na Copinha – como és rotineiro.

Forma Sete de Setembro sub20

A princípio, ninguém do Sete de Setembro, em sua segunda participação na Copinha, fala abertamente nas possibilidades de conseguir surpreender nesta competição – em sua primeira participação, por exemplo, perdeu os três jogos em que disputou. Porém, além de estar mais maduro como um todo para esta disputa, o Sete ainda teve exemplos de superação em seu estadual – deixou gigantes pelo caminho para terminar com o vice-campeonato da competição – para acreditar ser possível, no mínimo, fazer uma campanha mais digna aqui.

Jogar com a mesma aplicação que apresentou em seu estadual, fazendo com que os adversários precisem soar sangue para conquistar os pontos sobre si, jogar de maneira integrada, coletiva e veloz para quando tiver as oportunidades de chegar ao ataque, são as formas de atuar que lhe fizera ser bem-sucedido em sua campanha em 2016. Sabendo que as responsabilidades são do rival, mas estando disposto a surpreender, o Sete espera fazer uma grande partida de estreia.

Nossa Dica

Não será um duelo fácil, imagino, achando as odds mais baixas do que deveriam ser, de fato. Porém, sendo uma equipe mais experiente como um todo em relação ao rival – apesar do elenco, em termos de idade, ser próximo a do adversário -, com mais tradição e com uma base bem estabelecida de sucesso em relação a campanhas anteriores, precisando dar uma resposta como clube – principalmente nas categorias de base -, imagino o Figueira sendo mais capaz de conseguir se impor, estreando com o pé direito aqui.