Notícias
Apostas esportivas, picks e cotações para o Brasil
16 de março de 2017 Leonardo Rangel

Copa Libertadores

Peñarol vs Atlético Tucumán

Forma Peñarol

Se não estava a ser brilhante, ao menos, estava a se mostrar bastante competitivo, porém, o inesperado massacre sofrido para o Jorge Wilstermann na estreia desta competição em revés por 6×2 como visitante – um rival que deveria ser acessível para si -, fizera com que imensas dúvidas surgissem. O empate em 2×2 na rodada seguinte por seu campeonato nacional diante do Fênix, também como visitante, contribuíram para as desconfianças gigantescas.

A certeza é clara: se não conseguir a recuperação aqui nesta noite, seja como for, os sentimentos de crise já poderão se fazer presente, até por começar a se complicar por demais nesta competição. Voltar a fazer com que exista um equilíbrio tático, fazendo de seu sistema defensivo algo importante em campo, acreditando que o fator casa poderá ser um diferencial diante um rival que, assim como o último, em termos de tradições, não lhe deixa receios, são as esperanças para o Peñarol reagir.

O técnico Leonardo Ramos não revelou a escalação, mas mudanças deverão acontecer por ordem técnica.

Forma Atlético Tucuman

O Atlético tem sido uma das únicas equipes da Argentina que tem conseguido respirar neste início de época para o país após a longa greve futebolística por lá. De maneira surpreendente, desde a primeira fase da Pré-Libertadores, o Tucuman esteve a surpreender, deixando favoritos pelo caminho, chegando a esta fase de grupos com máxima confiança e poder de superação.

Na estreia da fase de grupos, apesar do empate contra o poderoso Palmeiras ser considerado satisfatório, o fato de o Tucuman ter atuado em grande parte do jogo com um atleta a mais, fizera com que o empate tivesse um gosto mais amargo. Estando há três jogos invicto, tendo consciência de suas limitações, mas com grande poderio para ir além do que a sua técnica permite a base de muita disposição, seja como for, o Tucuman espera ser efetivo com as chances que apareçam, sendo capaz de novamente vir a surpreender e pontuar contra um gigante.

O técnico Pablo Lavallén não contará com Leonel Di Plácido, suspenso.

Nossa Dica

É uma aposta arriscada, de fato, mas como o Tucuman tem muitas dificuldades para conseguir ser ofensivo, como o Peñarol, se conseguir evitar a afobação, tem mais qualidade e força de camisa que o rival, se ir somente em uma direção, igualando a dedicação de seu adversário, vejo chances do time uruguaio, mesmo que seja a base da força, vir a conseguir uma breve recuperação, somando algum ponto aqui.