Notícias
Apostas esportivas, picks e cotações para o Brasil
25 de março de 2017 Leonardo Rangel

Copa do Mundo

Armenia vs Kazajstán

Forma Armênia

É claro, dificilmente a Armênia lutará por algo grandioso nestas Eliminatórias, mas se quiser ainda aspirar sonhos, o único resultado plausível a se conquistar nesta tarde é o triunfo. Vindo de sua melhor atuação nas Eliminatórias – bateu Montenegro em casa por 3×2 -, acreditar é possível, sem dúvidas.

O que dá mais confiança ao país é o fato de, desde a derrota para a Polônia no duelo anterior a sua primeira vitória, uma competitividade diferenciada em relação ao que estava acostumado a demonstrar já havia sido colocada em prática – fez jogo duro e vendeu caro o revés para os polacos por 2×1 como visitante. Tendo alguém que não inspira receios pela frente, tendo seu povo confiante a lhe empurrar, a Armênia espera manter a evolução, sendo agressiva ofensivamente, buscando o triunfo.

O técnico Artur Petrosyan dificilmente contará com Artur Kartashyan devido a uma pequena contusão.

Forma Cazaquistão

O Cazaquistão até conseguiu fazer uma ou outra atuação de algum brilho – conseguiu empatar com a Polônia em casa em 2×2, por exemplo -, mas com mais atuações a se lamentar – algumas humilhantes, diga-se -, a federação do país resolveu apostar na troca da comissão técnica, trazendo Alexander Borodyuk para comandar a seleção.

A estreia do mesmo em um amistoso na última semana não foi das mais satisfatórias, já que o Cazaquistão, como visitante, perdeu para o Chipre por 3×1. Esperava-se que a troca de ambiente com a mudança na comissão técnica fizesse o Cazaquistão, ao menos, ter um pouco mais de dedicação para ser resistente em sua retaguarda, dando mais chances para a equipe ser competitiva, algo que não ocorreu. Com constantes atuações ruins como visitante, a missão para hoje não parece das mais fáceis.

O técnico Alexander Borodyuk não revelou a escalação, mas mudanças na base que vinha atuando poderão acontecer.

Nossa Dica

Não é que venha a ser um jogo fácil, mas com a confiança em ótimo nível após atuações de grande porte para si, não vendo reação no rival nem com a troca na comissão técnica, sendo capacitado nos duelos dentro de seu lar, querendo manter as aspirações de sonho vivas, vejo chances da Armênia, se vier a repetir o ritmo dos últimos embates, merecer o favoritismo aqui.