Notícias
7 de janeiro de 2017 Leonardo Rangel

Campeonato Português

Paços Ferreira vs Oporto

Forma Paços de Ferreira

O momento é delicado. Voltar a somar pontos é de extrema importância para não começar a se preocupar com mais intensidade com a proximidade dos últimos colocados. O Paços só conseguiu triunfar uma vez nos últimos quatro jogos, estando há três jogos sem conseguir os pontos totais.

Suas principais dificuldades estão em conseguir ser minimamente digno em sua parte ofensiva – não marcou gols em três dos últimos cinco jogos. Se serve de consolo, seu melhor embate aconteceu na última rodada, quando conseguiu empatar com o forte Vitória Guimarães em 2×2 – fazendo seu ataque render, mesmo tendo ficado com um jogador a menos em grande parte do duelo. Como dentro de casa ainda tem conseguido atuar melhor – tem até domínio em suas ações -, imaginando que a pressão estará por inteiro nos ombros do rival, o Paços acredita ser possível vir a afastar a má fase nesta tarde.

O técnico Vasco Seabra terá muitos desfalques – Gleison, Ivo Rodrigues e Leandro, emprestados pelo adversário, Bruno Santos e Mateus, suspensos, Cícero, Rabiola e Paulo Henrique, lesionados, são baixas certas.

Forma Porto

A excepcional fase que o Porto estava a atravessar – que lhe fizera aproximar-se um pouco mais da liderança da competição -, ganhou um ponto extra de dúvidas, certamente, após não conseguir manter-se vivo na Copa a Liga – foi derrotado pelo Moreirense e viu suas chances se encerrarem.

Esperando poder estar mais focado novamente na Primeira Liga, o Porto sabe que precisará estar mais dedicado em suas ações – principalmente em sua retaguarda, que tem se tornado mais acessível do que deveria em seus últimos embates – para poder, aliado aos seus atributos em maiores qualidades que a do rival, fazer jus ao favoritismo que tem sobre si para este embate. O fato de não ter perdido em cinco dos últimos seis jogos como visitante, serve de estímulo extra para se crer em um dia mais capaz aqui.

O técnico Nuno Espírito Santo não poderá contar com Layún, Otávio e Kelvin, lesionados, Brahimi, a serviço de sua seleção nacional, e Danilo, suspenso.

Nossa Dica

O Porto não é uma equipe que mereça confiança cegamente, principalmente nos jogos como visitante. O Paços, para não entrar em perigo e para conseguir ser mais competitivo, precisa ser mais ousado ofensivamente. Como o Paços, diante sues torcedores, consegue ser mais capaz, como tem pouca coisa a perder aqui – a derrota é um resultado natural -, creio que a mesma, por saber de suas possibilidades, tentará ser mais ousado, obrigando o Porto a fazer o mesmo, fazendo com que os gols aconteçam em maiores proporções.