Notícias
Apostas esportivas, picks e cotações para o Brasil
19 de março de 2017 Leonardo Rangel

Campeonato Argentino

Boca Juniors vs Talleres

Forma Boca Juniors

Um dos poucos gigantes a não ter ressaca após a volta da greve futebolística no país, sem estar a jogar a Libertadores, o Boca, que triunfou sobre o Banfield como visitante na última semana,. retornar ao seu lar nesta noite disposto a tentar abrir vantagem no topo desta competição.

A bela atuação com grande qualidade nas duas extremidades, sem dúvidas, motivou a todos os envolvidos consigo. Tendo os seus torcedores com saudades de si, espera-se uma mística Bombonera bastante cheia, fazendo com que o Boca, em teoria, seja ainda mais capaz de manter o padrão da última atuação, buscando mais um resultado expressivo para seguir no posto mais alto da tabela de classificação.

O técnico Guillermo Barros Schelotto não contará com Ricardo Centurión, lesionado.

Forma Talleres

O Talleres, queira ou não, chega para este retorno após a greve no futebol da Argentina como uma incógnita para este duelo, visto que fora uma das únicas equipes a não ter o sabor de ter entrado em campo até então, visto que sua partida diante do Olímpo foi adiada por conta das condições climáticas ruins.

Para dentro de seus parâmetros, o Talleres estava a conseguir fazer uma campanha com algum destaque antes da greve se iniciar, conseguindo estar na primeira página da tabela de classificação em grande parte do tempo. Acostumado a fazer jogos mais concentrados na parte tática, visando uma maior segurança em sua retaguarda, o Talleres espera, a base da superação, deixar de lado a falta de ritmo, lutando para ser resistente para surpreender aqui.

O técnico Frank Darío Kudelka terá sua melhor formação a disposição.

Nossa Dica

O Boca foi uma das únicas equipes entre os grandes a conseguir manter algo parecido com o que estava a fazer antes da greve se iniciar. Podendo retornar ao seu lar, espera-se ainda mais possibilidades do Boca ser forte aqui, sem dúvidas. A seu favor, fica o fato do rival, que já não intimida naturalmente, ter sido uma das únicas equipes a não ter conseguido atuar desde o fim da greve. Sendo assim, se mantiver o ritmo forte, explorar a falta de ritmo de jogo do rival, creio que o Boca terá tudo para conseguir mais uma vitória.